O Chá: O Aliado Para Uma Vida Saudável

UM POUCO DA HISTÓRIA DOS CHÁS

No ano 2737 a.C., o imperador chinês Shen Nung durante uma reunião em sua corte, aguardava enquanto seus empregados ferviam sua água para beber. Folhas de um arbusto teriam caído dentro da água produzindo um tom castanho. O imperador, também cientista, decidiu então tomá-la, agradando muito seu paladar. Assim, nasce o chá, uma das bebidas mais consumidas no mundo e tradicional na China. Posteriormente, seu consumo foi expandido para o Japão e para todas as partes do mundo. Segundo a nutricionista Alessandra Rocha, está comprovado que os chás trazem uma série de benefícios. “Há diversos tipos, receitas e finalidades para os chás. Cada um tem sua predominância para uso. Uns são melhores para o emagrecimento, outros para a digestão, outros têm efeito antioxidante. Cada variedade tem suas concentrações de substâncias, de acordo com o processo de preparação, que pode envolver fermentação, oxidação, fermentação e o contato com outras ervas.”

O CHÁ E SEUS BENEFÍCIOS

O consumo do chá faz muito bem à saúde. “Ele contém quantidades consideráveis de manganês, potássio, ácido fólico, vitamina C, vitamina K, vitamina B1 e a vitamina B2, nutrientes essenciais para o bom funcionamento do organismo. Acelera o metabolismo. O chá contém grandes quantidades de antioxidantes e outras substâncias, como a própria cafeína, que favorecem o gasto de energia pelo organismo.” Diz a nutricionista Daniela Jobst.

 

DE SAQUINHO OU NATURAL?

O chá feito com o saquinho industrializado perde parte de suas propriedades, enquanto o chá natural é preparado a partir brotos e folhas da erva Camellia sinensis. Basta colocar água para ferver e assim que começar a borbulhar, apagar o fogo e acrescentar a erva, deixando em infusão por três minutos, conservando a maior parte dos nutrientes, sendo mais benéfico à saúde.

SOBRE O CONSUMO

O chá deve ser ingerido quente ou frio, ou ao longo do dia 1 hora após as refeições, no máximo 3 vezes ao dia. Chás e café, não podem ser ingeridos logo após as refeições, pois a cafeína presente em suas composições pode comprometer a absorção de vitamina C pelo organismo, e prejudicar a saúde.

O chá não é recomendado para pessoas com problemas cardíacos e deve ser evitado por gestantes ou lactantes, pois a cafeína, presente em grande quantidade na planta, pode afetar o bebê. Hipertensos também devem evitá-lo.

O CHÁ E A DIETA

O chá pode ser considerado o Coringa da dieta, desde que aliado a uma alimentação balanceada e exercícios físicos.

Para ajudar no emagrecimento e aproveitar os benefícios do chá, é importante ficar atento à quantidade ingerida e ao preparo: ferva a água, desligue o fogo e dilua o chá. Tampe e espere por dez minutos. Não deve ser reaquecido. O melhor é tomá-lo na hora, mas pode ser guardado na geladeira por até 12 horas, em recipiente fechado e sem luz.  No entanto é muito importante consultar um médico antes de começar a ingeri-lo.